sábado, julho 15, 2006

O que é o Autodesk Revit?

A tecnologia Autodesk Revit é uma plataforma da Autodesk que usa a tecnologia BIM (Building Information Modeling). É um software completo de design de projeto de arquitetura e engenharia e um sistema completo de documentação do projeto que suporta todas as fases do processo.
O usuário pode partir do conceito esquemático do projeto até a parte executiva com todo detalhamento necessário, inclusive gerando tabelas diversas dos objetos usados no projeto além de um poder de apresentação fotorealística.
Aplicações baseadas no Revit aplicam um vantagem competitiva imediata, fornecendo melhor coordenação e qualidade e ainda contribui para uma maior interação entre os arquitetos e o restante da equipe.
O coração da plataforma Revit é a engrenagem de parametrização, onde qualquer mudança no modelo acarreta mudanças em todos os documentos do projeto, sejam eles cortes, vistas, fachadas, quantitativo, etc.

Para maiores informações sobre a tecnologia BIM, visitem o site www.autodesk.com/bim

Uma das coisas que as pessoas logo perguntam quando apresento o Revit em palestras, apresentações e nos treinamentos é se ele tem compatibilidade com o AutoCAD.
Essa compatibilidade existem e é bi-direcional, ou seja, o Revit aceita arquivos DWG para serem trabalhados no projeto, sejam eles 2D ou 3D. Aceita as bibliotecas de blocos de Autocad normalmente, porém, caso queiram que esses blocos sejam contabilizados em tabelas, deverão antes, serem transformados em famílias (explicarei mais tarde).
Outra coisa que podemos fazer ao inserir um arquivo DWG dentro do Revit é aproveitar suas linhas para transformarmos em paredes. É um processo bem rápido de passagem de 2D para 3D.

Na direção contrária, depois de projetado do Revit, o usuário poderá exportar para Autocad e ainda escolher a versão de exportação. Para isso, selecione o desenho ou a prancha que será exportada e clique em Export/Cad Formats.

Serão criados arquvos DWG com a prancha completa em PaperSpace, com viewports em escala e todos os desenhos em ModelSpace organizados lado a lado controlados em forma de Xref, visto que serão criados outros arquivos DWG de cada desenho isoladamente.

Antes desse processo acontecer, vale a pena customizar os layers que serão enviados para o Autocad indo no menu File e procurando Import/Export Settings/Export layers Dwg Dxf e configure as penas e layers para vista (projection) e para corte (cut). Salve a configuração para poder ser usada mais tarde.

Com isso, usuários de Revit podem trabalhar sem neurose por conta de falta de compatibilidade ou dos outros escritórios ainda não estarem usando a plataforma Revit.

Na próxima postagem, falarei sobre compatibilidade e extensões.
Postar um comentário