sábado, junho 24, 2006

Arquivos DWF x PLT x PDF


DWFit!!!!!

Percebo em todas as minhas visitas em clientes que a maioria desconhece a existência dos arquivos DWF dentro do Autocad. E olha que eles existem há bastante tempo.

Muitos dos usuários, por conta de falta de informação, continuam trabalhando com arquivos PLT para mandar a uma plotadora ou imaginam que, com isso, possam manter intactos os direitos autorais dos projetos por ser um arquivo fechado apenas para impressão.

Desculpe-me desaponta-los, mas não é bem assim. Há tempos que o software Corel Draw abre arquivos PLT, deixando uma enorme brecha para edição de projetos, e hoje, o Autocad no seu menu Express Tools, já tem a opção de abrir arquivos PLT.

Outras desvantagens enormes estão por conta do tamanho do arquivo gerado para trafegar pela internet e que sempre dependerá da configuração da plotter ou impressora correta, carregando consigo o driver da impressora/plotter configurada no Autocad gerador. Isso pode ocasionar o problema de não imprimir simplesmente. Por não ser a mesma impressora/plotter configurada no computador de saída.

Outra opção de saída é a utilização de arquivos PDF para entregar aos clientes um tipo de arquivo que poderá ser visualizado por eles através de um visualizador gratuito que é o Acrobat Reader da Adobe.

Problemas causados pela utilização desse tipo de arquivo vão do peso do arquivo que será de quase o TRIPLO do tamanho do arquivo DWG até mesmo a situação de não ter os desenhos com a representação gráfica adequada com espessuras e cores definidas para impressão, pois não interpreta os arquivos CTBs e STBs do Autocad. Os usuários mais safos até conseguem resolver esse problema, configurando layers e lineweights para a tela, fazendo o PDF sair de forma correta.

Com isso, passamos a conhecer o já existente DWF, que nos acompanha desde a versão 2000.
A vantagem é que ele é um arquivo vetorial como o do Autocad, porém, sem os dados dos vetores, como coordenadas X,Y,Z de cada ponto ou linha, deixando o arquivo muito leve e muito pequeno para trafegar pela internet.

Por ser um arquivo vetorial, mantem intactas as definições para impressão em qualquer escala, não perdendo "resolução" como numa imagem.

Os arquivos DWF são visualizados e impressos através de um visualizador gratuito da Autodesk que o DWF Viewer, capaz de ler arquivos DWF em 2D e 3D.

Os arquivos são completamente seguros quanto a edição, mantendo intactos os direitos autorais dos projetos quando distribuidas para outras pessoas.

O arquivo permite incluir múltiplas folhas com informações como medidas e localização.

Permite revisão digital, sem a necessidade de impressão dos projetos para comentários e anotações em papel para que depois voltem ao arquivo de CAD ou Revit para edição. Essa revisão pode ser feita através do software Autodesk DWF Composer que atualmente, mudou o nome para Autodesk Design Review.

Compare os tamanhos e o tempo de criação de arquivos DWF e PDF:

















Lembrando que a geração de DWF é feita através do comando Publish do Autocad ou através da impressão virtual de um arquivo com a plotter chamada DWF6.pc3 selecionada para impressão.
Outros softwares com o Autodesk Revit, terão a criação de arquivos DWF 2D e 3D em comandos específicos como o Export DWF.

Sugestão: Usem e abusem dos arquivos DWF.
Postar um comentário